210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
certificado energético

Certificado energético

Possivelmente, já ouvi falar no certificado energético e, no momento de arrendar ou comprar casa, é um dos temas que mais lhe interessa, não estivessem os preços da energia cada vez mais altos. Mas afinal o que é o certificado energético? Quais os critérios utilizados para a definição da classe energética de um imóvel? Neste artigo, respondemos às suas dúvidas.

O que é o certificado energético?

O certificado energético é um documento que avalia a eficiência energética de determinado imóvel, numa escala de A+ a F, em que o A+ é o mais eficiente e o F o menos eficiente. Este documento é emitido pela Agência para a Energia (ADENE), que é a entidade gestora do sistema de certificação energética de edifícios (SCE).

Que tipo de informação contém o certificado energético?

O documento, emitido pela ADENE, contém informações sobre a construção do imóvel, caraterísticas que permitem aferir os consumos energéticos em diferentes usos, como, por exemplo, o aquecimento da casa ou a produção de águas quentes sanitárias para os banhos.

O certificado energético também inclui medidas para aumentar a eficiência de energia e reduzir o desperdício. Reforçar o isolamento ou instalar vidros duplos são algumas das medidas que constam neste documento.

Qual o prazo de validade do certificado energético?

A validade do certificado energético de determinado tipo de imóvel varia em função do certificado e do próprio imóvel. No caso de edifícios de habitação e/ou pequenos edifícios de comércio e serviços, o documento é válido por 10 anos. Já nos grandes edifícios de comércio e serviços, o prazo é de oito anos.

O que influencia a classe energética do imóvel?

São vários os fatores que têm impacto direto na classe energética do imóvel, por exemplo:

  • Localização. Onde está localizado o imóvel? Qual a exposição de luz?
  • Ano de construção. Em que ano foi construído? Foi recentemente reabilitado?
  • Tipologia do imóvel. Se é uma moradia ou um apartamento, por exemplo.
  • Materiais utilizados na construção. O tipo de paredes, de pavimento, de coberturas, entre outros.
  • Equipamentos associados à climatização.
  • Ventilação.
  • Produção de águas quentes sanitárias.
EyG

Como solicitar o certificado energético?

Deverá solicitar este documento a um especialista. Caso não conheça nenhum, aceda ao website Certificar é Valorizar e pesquise por um especialista próximo na sua área de residência. Aconselhamos a que solicite cotações a diferentes especialistas, uma vez que existem vários fatores que impactam diretamente a classe energética do imóvel, como acabamos de explicar.

Após selecionar o especialista e este visitar o imóvel, serão realizados os cálculos e, posteriormente, introduzidos no Sistema de Certificação Energética. Antes deste último passo, peça uma consulta prévia do documento.

eyg
eyg
eyg

Eletricidade e Gás Repsol

Com os nossos Planos, apenas paga pelo que consome. Poderá escolher o tipo de tarifa, simples ou bi-horária, sendo que irá pagar o mesmo pelo KWh, mesmo que os preços da eletricidade subam.

A sua eletricidade sempre ao mesmo preço

Durante 12 meses, o custo por kWh será sempre o mesmo

Eleja o que melhor se adapta a si

Em função dos seus hábitos de consumo, poderá escolher uma tarifa simples ou bi-horária

Contrate um serviço de assistência técnica

Com os nossos serviços Apoio, não terá de se preocupar com imprevistos na sua casa

Perguntas frequentes

O custo do certificado energético irá variar em função da tipologia de imóvel, entre 28 euros (T0 e T1) e 65 euros (T6 ou superior). No caso de edifícios de comércio e serviços, deverá ser considerada a área útil, entre 135 euros (área útil até 250 metros quadrados) e 950 euros (caso seja superior a metros quadrados). Tanto num caso como no outro, acresce o valor do IVA.

Estes valores não refletem, contudo, o preço cobrado pelo especialista na avaliação do imóvel.

Cumprindo todos os passos anteriores, visita do imóvel pelo especialista, com os respetivos cálculos efetuados e a introdução dos dados no Sistema de Certificação Energética, pode demorar entre dois a três dias úteis.