Contacte-nos
Contacte-nos para novas contratações
o
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
gás

Gás natural e gás propano e butano - conheça as diferenças

Conhece as diferenças entre o gás natural e o gás propano e butano? Neste artigo, apresentamos-lhe as caraterísticas e vantagens de cada um destes gases, para que possa fazer a escolha mais acertada para a sua habitação ou negócio, tendo em consideração as suas necessidades energéticas.

O que é o gás propano e butano?

O gás propano e butano, também conhecidos como GPL (Gases de Petróleo Liquefeitos), são hidrocarbonetos que se podem obter através da separação de alguns gases durante a extração de gás natural ou através de refinação do Petróleo Bruto.

Podem ser vendidos em garrafas (vulgarmente chamadas botijas) ou a granel para abastecimento de reservatórios nas instalações:

  • Formatos para gás propano: 11 Kg; 35 Kg; 45 kg (pesos e cores distintas);
  • Formatos para gás butano: 6 Kg; 11 Kg; 12,5 Kg; 13 Kg (pesos e cores distintas);
  • Poder Calorifico;
  • Temperaturas ambiente, o gás propano suporta mais baixas.

Vantagens do gás propano e butano

Esta fonte de energia tem inúmeras vantagens, desde logo:

  • Alto poder calorífico.
  • Grande eficiência de combustão.
  • Grande portabilidade. Pode ser facilmente transportado, mesmo para zonas remotas.
  • Não é tóxico e, por questões de segurança, é odorizado, o que quer dizer que sempre que exista alguma fuga é libertado um odor para avisar os utilizadores.
  • A sua combustão emite menos CO2 que o resto das outras energias convencionais.
  • Não gera cinzas nem resíduos sólidos e as emissões de no2 (dióxido de nitrogénio), são praticamente nulas

Em suma, o GPL tem um papel importante a desempenhar na transição energética e na respetiva descarbonização energética

Com a Repsol, poderá receber a sua garrafa de gás em casa, com a máxima comodidade e conforto, através da nossa plataforma QueroGás.

Utilizações do gás propano e butano

O gás engarrafado é reconhecido pela sua grande versatilidade, com várias aplicações em diferentes setores de atividade. É o único tipo de gás que pode ser transportado e, por isso, utilizado em praticamente todo o lado, desde o campismo ao ar livre a grandes instalações industriais. Elencamos apenas as mais usais para consumo doméstico:

  • Cozinha. Equipamentos como fogões, fornos e barbecues podem utilizar gás embalado.
  • Aquecimento ambiente. Existem sistemas de aquecimento central, em piso radiante e lareiras.
  • Aquecimento águas quentes sanitárias. Poderá utilizar GPL em caldeiras e esquentadores.
gás familia

Vantagens do gás natural

O gás natural é, também ele, uma fonte de energia com inúmeras vantagens, o seu fácil transporte, conservação e menor impacte ambiental tornam-no numa das fontes de energia mais procuradas.

  • Acessibilidade. Dada à sua distribuição canalizada, chega com facilidade às habitações.
  • Redução de emissões. Em relação a outros gases com efeitos de estuda, emite menos emissões poluentes.
  • Económico. Apesar do aumento dos preços derivado de fatores externos com impacto mundial, continua a ser uma fonte energética económica.
  • Segurança. O gás natural é mais leve do que o ar, o que quer dizer que em caso de fuga dissipa-se rapidamente na atmosfera.

Utilização do gás natural

Esta fonte de energia é essencial para a indústria, muitos dos processos produtivos têm o gás natural como energia. Porém, dada à sua grande versatilidade, também desempenha um papel importante nas habitações.

  • Cozinhados, principalmente através de fogões.
  • Aquecimento ambiente. Existem vários sistemas de aquecimento que têm como fonte de energia o gás natural.
  • Aquecimento águas quentes sanitárias, da mesma forma que o gás embalado, pode ser utilizado em caldeira e esquentadores.

Como poderei ter gás natural em casa?

Para poder usufruir deste gás na sua casa, deverá cumprir estes passos:

  1. É necessário que exista uma rede pública de distribuição na sua zona de residência.
  2. Deverá verificar, também, se existe um ramal de ligação à casa.
  3. A habitação deverá ter uma rede interna, certificada por uma entidade inspetora competente.
  4. O Operadora de Rede de Distribuição deverá facultar código universal de instalação (CUI) ao seu local de consumo.
  5. Por fim, deverá celebrar um contrato com um comercializador desta energia. A Repsol não tem, neste momento, nenhum plano com fornecimento de gás natural apenas. Não obstante, no seu Plano Viva, um plano dual com eletricidade e gás natural, poderá usufruir de eletricidade 100% renovável, gás natural e descontos em outras energias.

Preços gás natural e gás butano e propano

O gás butano e propano é geralmente vendido ao Quilo embora seja possível fazer a conversão entre Kg e Kwh tornando os preços diretamente comparáveis, uma vez que o gás natural tem um preço fixo pelo kWh.

Da mesma forma que o mercado do gás natural, apesar de neste existir a possibilidade de regresso ao mercado regulado, o mercado do gás engarrafado é liberalizado, o que quer dizer que cada comercializador pode definir o preço de cada garrafa, dentro de certos limites. Esta situação não se aplica até 30/10/2022, uma vez que o governo fixou preços máximos para alguns tipos de garrafas de gás.

O gás natural, em Portugal, é distribuído via rede de distribuição, da mesma forma que a eletricidade. No mercado regulado, o preço é definido pela ERSE, já no mercado liberalizado, cada comercializadora define a sua tarifa. O preço do gás natural contempla o termo fixo e o variável, que corresponde ao consumo efetuado durante o mês. 

Como escolher a fonte de energia que melhor se adequa às suas necessidades

  1. Tenha em consideração o tipo de uso que dará à fonte de energia, bem como a necessidade calorífica.
  2. A frequência com que utilizará determinado equipamento. Por exemplo, no caso do gás natural, quando chega a um determinado consumo mínimo, o preço é mais barato.
  3. Deverá ter em atenção os requisitos necessários para utilizar cada um dos gases na sua casa, caso contrário não poderá escolher o gás natural para a sua casa.