210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
consumo de energia

Como calcular o consumo de energia em casa

Para escolher a tarifa que melhor se adequada às suas necessidades e estilo de vida, deverá saber o consumo de energia que tem na sua casa. Não sabe como fazer? Pois bem, vamos explicar-lhe tudo para que possa fazer as escolhas mais acertadas.

Antes de mais, é preciso explicar que a sua fatura de energia não tem apenas a quantidade de eletricidade e gás que é consumida em sua casa, também comporta taxas e impostos cobrados e a potência contratada. A quantidade de energia que consome na sua casa é medida em kWh e pode ser proveniente de uma leitura real ou estimada.

O que é o kWh?

O kWh é a unidade de medida dos consumos de energia, que contempla a quantidade de luz e gás consumida. Explicado de uma outra forma, os kW que foram consumidos numa hora. Utilizando como exemplo um frigorífico, que consome, em média, 1.500 watts por hora, no final de um dia, terá consumido 36 kWh - kilowatt hora.

Este cálculo não será tão linear se tiver contratada uma tarifa bi-horária, na medida em que selecionou uma tarifa em que existem horas do dia em que a energia é distinta (Vazio e fora do Vazio).

Como calcular a energia consumida em casa?

Acima utilizamos o exemplo de consumo de um frigorífico rotulado como “normal”. Agora, este mesmo exercício deverá ser replicado em todos os aparelhos domésticos que tem na sua casa, utilizando, preferencialmente, como referência, os dados de consumo que vêm junto de cada aparelho.

No caso do frigorífico, tem a tarefa mais facilitada, uma vez que sabe que ele consome energia 24 horas por dia, no entanto, nem todos os aparelhos têm este tipo de consumo. A título de exemplo, com uma placa elétrica, este cálculo é mais difícil de fazer, ou porque não cozinha todos os dias, ou porque nem todos os alimentos cozinham o mesmo tempo.

Em todo o caso, para conseguir calcular o consumo de cada eletrodoméstico, deverá contabilizar os kWh que ele gasta por hora, multiplicar pelo número de horas que ele está ligado por dia e, finalmente, multiplicar pelos dias do mês que está ligado.

Confuso? Nós ajudamos! Utilizemos mais uma vez um exemplo.

Exemplo: Uma televisão consome 120W, o equivalente a 0,12kW. No final de uma hora, tem um gasto de 0,12kWh. Se tiver a televisão ligada durante oito horas por dia, consumirá 0,96kWh. E no final de um mês? Bem, nesse caso é fácil, basta multiplicar o consumo diário – 0,96kWh – pelo número de dias que o mês tem. Utilizando o exemplo de um mês com 30 dias, chegaremos a um consumo mensal de 28,8kWh/mês.

Este mesmo exercício que fizemos para a televisão, deverá ser feito para os restantes eletrodomésticos, sabendo, de antemão, que, em norma, a cozinha é a divisão que tem os equipamentos que consomem mais, o caso do micro-ondas, do forno, das máquinas de lavar, etc.

aspirador

O que deverá ter em conta para calcular o seu consumo de energia

Para encontrar uma estimativa média, deverá ter em consideração três aspetos importantes, são eles:

  1. Número de eletrodomésticos que utiliza diariamente
  2. Número de horas que funcionam, em média, por dia
  3. A potência de cada um deles

De notar que as estações do ano podem impactar o seu consumo de energia, seja pela utilização de equipamentos específicos, ar-condicionado ou aquecedor, seja pela necessidade de recorrer a luz artificial. No inverno, o sol põe-se mais cedo e existe menos dias soalheiros.

Quais são os eletrodomésticos que consomem mais energia?

Como já referimos, o consumo de energia de determinado equipamento está correlacionado com a sua eficiência energética e as horas que eles funcionam. Não obstante, partilhamos um exemplo, utilizando consumos-padrão de cada um deles.

Eletrodomésticos Potência (kWh) Consumo médio em kWs/mês
Radiador 2,0 kWh 120 kWh/mês
Aspirador 1,6 kWh 19,2 kWh/mês
Secador de cabelo 1,5 kWh 45 kWh/mês
Placa elétrica 1,35 kWh 40,5 kWh/mês
Máquina de café 1,2 kWh 18 kWh/mês
Máquina de lavar louça 1,125 kWh 18 kWh/mês

Para todos os aparelhos acima, utilizou-se um tempo de uso mensal aproximado. Por exemplo, no caso do aspirador 12 horas por mês e no caso do radiador utilizou-se como referência 60 horas por mês.

Como cobrado o valor da energia consumida?

O consumo de energia é cobrado mensalmente, de acordo com os consumos totais efetuados durante esse período. Porém, aquilo que paga por cada kW não corresponde ao custo total de energia. Este custo reflete, não apenas os kW consumidos, mas também as tarifas de acesso e outros custos associados ao transporte da energia até sua casa.

Porque é que é importante calcular o consumo de energia?

Sabendo o consumo mensal de energia, poderá selecionar a tarifa que melhor se adequa às suas necessidades e poupar todos os meses na fatura de energia.

Com base no seu perfil de consumo, poderá, ainda, perceber quais as horas dos dias que consome mais energia e, caso seja vantajoso, contratar um tarifa bi-horária ou tarifa tri-horária.

card 8.png

Conheça os nossos Planos

Saiba como poupar até 312€/ano com as vantagens multienergia Repsol.