Contacte-nos
Contáctanos para nuevas contrataciones
o
Nós te chamamos
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Acepto la política de protección de datos.
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
hero-autogas-v2.jpg
hero-autogas-v2.jpg
hero-autogas-v2.jpg

Uma aposta na multienergia

AutoGás: um combustível seguro, limpo e económico

Por que escolher o AutoGás da Repsol?

O seu consumo global aumentou em 50% na última década e já conta com mais de 26 milhões de veículos a usufruir das suas vantagens. 

Ahorro

Poupança económica

Uma poupança de até 40% em relação aos combustíveis tradicionais.

sostenibilidad

Fonte de energia limpa

Permite uma redução de todo o tipo de emissões.

seguridad

Vasta rede

Poderá encontrar esta solução energética em mais de 90 Estações de Serviço.

Gasolineras con AutoGas

O que é o AutoGás

O combustível alternativo mais usado em todo o mundo não tem deixado de surpreender nos últimos dez anos. Mais limpo e mais económico que outros combustíveis convencionais e, além disso, com abastecimento garantido em vários postos de abastecimento em Portugal continental. 

Um combustível eficaz e eficiente

As vantagens são notórias: emissões mínimas, poupança no custo do combustível pois o preço é menor em relação a outros combustíveis e maior conforto na condução, com a diminuição de ruído.

 

Nos últimos dez anos, o crescimento do AutoGás sofreu um aumento exponencial até se converter no combustível alternativo mais usado em todo o mundo. O seu consumo global aumentou em 50% na última década e já conta com mais de 26 milhões de veículos a usufruir das suas vantagens. 

Têm dúvidas?

O AutoGás é gás liquefeito GPL (propano, butano e as suas misturas). É um hidrocarboneto que se liquefaz sob uma pressão relativamente baixa, e ocupa neste estado apenas aproximadamente 1/260 do seu volume gasoso. O AutoGás pode ser liquefeito tecnicamente sem muitos gastos. Caracteriza-se por um elevado teor de energia. Ao mesmo tempo queima-se com emissão de poucas substâncias nocivas e pode armazenar-se bem.

O AutoGás é uma energia potente que se usa também nos lares para o aquecimento e a preparação de água quente e na indústria para todos os processos térmicos.

Uma das numerosas aplicações do AutoGás é o uso como combustível para motores. É apropriado como combustível igualmente que a gasolina, o diesel ou o gás natural. Os requisitos de qualidade do AutoGás estão regulados da mesma maneira em toda a Europa, o que permite um tráfego internacional sem problemas dos veículos com AutoGás. Uma das características mais destacadas do AutoGás é a sua elevada resistência ao pique, que torna desnecessário o uso de aditivos.

Sim e não. Os motores com AutoGás funcionam da mesma maneira que qualquer motor normal a gasolina. Em vez da mistura de gasolina e ar, queima-se uma mistura de AutoGás e ar nos cilindros. Não obstante, a marcha do motor é mais suave e o desgaste é inferior. Além do mais, os veículos com AutoGás circulam de maneira muito mais respeitosa com o meio ambiente, e o combustível custa apenas a metade que o gasóleo A.

Sim, isto dá lugar continuamente a confusões. Basicamente existem veículos que usam AutoGás, e veículos que usam gás natural. O biogás como combustível encontra-se actualmente em fase experimental, e o hidrogénio está ainda muito longe de se introduzir na prática. Mas o AutoGás é o que mais se usa como combustível.

AutoGás: obtém-se maioritariamente durante a extracção de gás natural e de petróleo, e como gás acompanhante ou componente do gás natural húmido, e em menor medida da refinação do petróleo. O AutoGás armazena-se num depósito a uma pressão de apenas 6-8 bar. O AutoGás liquefaz-se facilmente sob uma pressão relativamente baixa. Não se requer um processo de liquação complicado. Este efeito físico é o dos populares isqueiros a gás, nos quais há propano, ou seja, AutoGás.

Gás natural (CNG): O gás natural comprime-se a uma pressão de 200 a 250 bar, e introduz-se no depósito através de dispositivos de enchimento especiais. Portanto, a pressão de prova dos depósitos deve ser no mínimo de 600 bar.

Biogás: produz-se sob exclusão de ar pela fermentação, por exemplo, de esterco liquefeito e de refugos orgânicos. Teoricamente, os veículos a gás poderiam circular com biogás. Não obstante, é preciso um tratamento intensivo para conseguir a qualidade necessária. Actualmente não se vê uma aplicação a grande escala.

Claramente o AutoGás. A escala mundial, o AutoGás é o combustível alternativo mais utilizado. Na Europa existem mais de 6 milhões de veículos que circulam com AutoGás. À escala mundial já são mais de 11 milhões. A esta cifra deve acrescentar-se os autocarros de transporte público equipados com AutoGás. Somente nas cidades europeias estão em serviço 1.400 autocarros.

Não. Na América usa-se AutoGás desde 1920. Na Espanha existem veículos com AUTOGÁS desde os anos 60. O desenvolvimento do AUTOGÁS reactivou-se graças, entre outros factores, à redução de impostos.