Contacte-nos
Contáctanos para nuevas contrataciones
o
Nós te chamamos
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Acepto la política de protección de datos.
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados

Política de Privacidade

29 março 2022 - 11:34 CET

1. Introdução

Ciente da importância que a proteção dos dados e a privacidade dos titulares dos dados assumem atualmente, o Grupo Repsol, na qualidade de Responsável pelo Tratamento, pretende dar a conhecer a todos os titulares dos dados a presente Política de Privacidade (doravante, a "Política"). 

Queremos manter uma relação transparente consigo, informando-o sobre o modo como tratamos, de forma segura, qualquer dado que nos faculte, bem como dos direitos que poderá exercer. Para tal, elaborámos a presente Política, a qual lhe permitirá consultar a informação de que necessite e esclarecer as dúvidas que possam surgir. 

De igual modo, o Grupo Repsol informa que os seus dados pessoais serão tratados em conformidade com a legislação aplicável em matéria de proteção de dados, designadamente o Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 27 de abril de 2016, relativo à proteção das pessoas singulares, no que diz respeito ao tratamento de dados pessoais e à livre circulação desses dados (doravante, o “Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados” ou “RGPD”), assim como a Lei n.º 58/2019, de 8 de agosto, que assegura a execução, na ordem jurídica portuguesa, do referido RGPD (doravante, a “Lei n.º 58/2019”). 

É importante que leia atentamente a presente Política, a qual lhe proporcionará a informação necessária para que possa efetuar uma escolha fundamentada e consciente no momento de nos facultar os seus dados de carácter pessoal.

Deve saber que a Política é aplicável a qualquer tratamento de dados de carácter pessoal efetuado pelo Grupo Repsol. 

Acreditamos que esta informação se encontra completa. No entanto, caso necessite esclarecer qualquer aspeto adicional, poderá endereçar-nos as suas questões para os contactos que constam nesta Política.

 

2. Que definições devo conhecer para poder entender melhor a Política?

Em primeiro lugar, queremos disponibilizar-lhe a definição de alguns termos que poderá encontrar ao longo deste documento: 

"Serviços Online" - inclui quaisquer páginas, meios, web, canais, aplicações e promoções, bem como quaisquer outras iniciativas online de qualquer empresa do Grupo Repsol; 

"Dados pessoais" – refere-se a qualquer informação relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável. É considerada identificável uma pessoa singular que possa ser identificada, direta ou indiretamente, em especial por referência a um identificador, como por exemplo um nome, um número de identificação, dados de localização, identificadores por via eletrónica ou a um ou mais elementos específicos da identidade física, fisiológica, genética, mental, económica, cultural ou social dessa pessoa singular; 

"Utilizador" ou “Titular de dados pessoais” – trata-se do titular dos dados que navega no website ou de quem, por algum motivo, tratamos os dados pessoais; 

"Responsável pelo Tratamento" - a pessoa singular ou coletiva, a autoridade pública, a agência ou outro organismo que, individualmente ou em conjunto com outras, determina as finalidades e os meios de tratamento de dados pessoais; 

"Subcontratante" - pessoa singular ou coletiva, a autoridade pública, agência ou outro organismo que trate dados pessoais por conta do Responsável pelo Tratamento destes. 

"Destinatário" - uma pessoa singular ou coletiva, a autoridade pública, agência ou outro organismo que recebem comunicações de dados pessoais, independentemente de se tratar ou não de um terceiro; 

"Consentimento" - corresponde a qualquer manifestação de vontade, livre, específica, informada e explícita, pela qual o titular dos dados aceita que os dados pessoais que lhe dizem respeito sejam objeto de tratamento; 

"Tratamento de dados pessoais" – uma operação ou um conjunto de operações efetuadas sobre dados pessoais, seja por procedimentos automatizados ou não automatizados, como a recolha, o registo, a organização, a estruturação, a conservação, a adaptação ou alteração, a recuperação, a consulta, a utilização, a divulgação por transmissão, difusão ou qualquer outra forma de disponibilização, a comparação ou interconexão, a limitação, o apagamento ou a destruição; 

"Comunicação de dados" - qualquer divulgação de dados a uma pessoa singular ou coletiva, autoridade pública, serviço ou outro organismo; 

"Encarregado de Proteção de Dados" ou “Data Protection Officer” (DPO) - responsável a que aludem os artigos 37.º a 39.º do RGPD e artigos 9.º a 13.º da Lei n.º 58/2019, a quem cabe, entre outras tarefas, (i) monitorizar a conformidade do tratamento de dados com as normas aplicáveis, (ii) ser um ponto de contacto com os clientes para esclarecimento de questões relativas ao tratamento dos seus dados pelo Grupo Repsol, (iii) cooperar com a Comissão Nacional de Proteção de Dados (doravante “CNPD”), e (iv) prestar informação e aconselhamento ao Grupo Repsol, sobre as suas obrigações no âmbito da privacidade e proteção de dados, entre outras funções.

 

3. Quem é o Responsável pelo Tratamento dos seus dados?

No âmbito da presente Política, o termo “Repsol” ou “Grupo Repsol” abrange qualquer uma das sociedades do Grupo Repsol existentes em Portugal, a saber:

  • Repsol Portuguesa, Lda., com o número de matrícula e de pessoa coletiva 500 246 963 e com sede na Av. José Malhoa, n.º 16, 1099-091 Lisboa;
  • Repsol Gás Portugal, Unipessoal Lda., com o número de matrícula e de pessoa coletiva 507 039 440 e com sede na Av. José Malhoa, n.º 16, 1099-091 Lisboa;
  • Repsol Directo, Unipessoal, Lda., com o número de matrícula e de pessoa coletiva 504 425 242 e com sede em Av. José Malhoa, n.º 16, 1099-091 Lisboa;
  • GESPOST – Gestão e Administração de Postos de Abastecimento, Unipessoal, Lda., com o número de matrícula e de pessoa coletiva 503 769 959 e com sede em Av. José Malhoa, n.º 16, 1099-091 Lisboa.
  • Repsol Polímeros, Unipessoal, Lda., com o número de matrícula e pessoa coletiva 500600643e com sede Monte Feio – Sines, 7520 - 224 Sines. 

Em regra, o Responsável pelo Tratamento é a empresa da Repsol com a qual teve contacto e, nessa medida, à qual disponibilizou direta ou indiretamente os seus dados pessoais. 

Caso tenha dúvidas sobre qual é a empresa da Repsol responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais, deverá enviar-nos um pedido de esclarecimento para privacidade@repsol.com.

 

4. A Repsol tem um Encarregado de Proteção de Dados em Portugal?

Cada uma das empresas da Repsol procedeu à designação de um Encarregado de Proteção de Dados (doravante, o “DPO”). 

Caso tenha alguma dúvida sobre o modo como o Grupo Repsol procede ao tratamento dos dados pessoais que direta ou indiretamente nos forneceu e que sejam tratados por alguma das empresas do Grupo Repsol, necessite de algum esclarecimento sobre a presente Política ou pretenda exercer algum dos direitos mencionados nesta Política, deverá enviar um e-mail dirigido ao DPO para privacidade@repsol.com ou, em alternativa, escrever para o endereço postal da empresa do Grupo Repsol que deseja contactar, endereçando o seu pedido ao DPO.

 

5. Que dados pessoais tratamos e como os obtemos?

A Repsol armazena um registo detalhado de todas as atividades de tratamento de dados pessoais efetuadas pelas empresas do Grupo. De seguida, apresentamos uma lista das principais finalidades de tratamento dos dados que nos fornece, disponibilizada de forma agregada, sendo que se tiver alguma dúvida deve entrar em contacto connosco através dos meios disponibilizados:

Finalidade

Descrição

Fundamento de Licitude

Registo em portais e plataformas Repsol

Tratamento de dados recolhidos no momento de registo nos nossos Serviços Online, bem como de qualquer ação executada a partir dos mesmos, como por exemplo compras online, pagamentos, pedidos, contactos, entre outros.

Execução Contratual

Interesse Legítimo

Gestão da relação contratual

Tratamento de dados para a realização de ações ao longo da relação contratual que mantiver connosco com o objetivo de manter os dados atualizados, apoio na utilização de produtos e/ou serviços, alteração de condições contratuais, cumprimento das obrigações contratuais, acompanhamento de clientes e fornecedores, entre outros.

Execução contratual

Seleção e Recrutamento

Para efeitos de recrutamento, recolhemos e tratamos dados de candidatos no âmbito de processos de recrutamento da Repsol.

Diligências pré-contratuais

Gestão de Colaboradores e prestadores de serviço externos

Tratamento de dados tendo em conta as nossas obrigações e responsabilidades perante os nossos colaboradores ao nível do processamento e pagamento salarial, formação, medicina no trabalho, gestão de acidentes laborais, benefícios, desenvolvimento profissional, gestão de ausências e tempos, processos disciplinares, eventos e iniciativas internas, entre outros. Estão também incluídos os tratamentos de dados relativos a prestadores de serviços externos que executam serviços nas nossas instalações.

Obrigação Legal

Execução Contratual

Interesse Legítimo

Segurança

Garantia da segurança das nossas instalações, nomeadamente através da captação de imagens de videovigilância, controlo de acessos físicos, gestão de acidentes de trabalho, atribuição de cartões de acesso, entre outras ações.

Interesse legítimo

Obrigação Legal

Desenvolvimento de Canais Digitais

Gestão da interação nos canais digitais, nomeadamente ao nível de marketing. São realizadas consultas de dados para o desenho da estratégia global, bem como para a melhoria da experiência do Utilizador nas nossas páginas web e aplicações.

Interesse legítimo

Consentimento

Gestão de redes sociais

Gestão de conteúdos de redes sociais. Tratamos os seus dados no âmbito de contactos realizados pelas redes sociais ou para efeitos de campanhas promovidas nesses canais.

Execução contratual

Diligências pré-contratuais

Interesse legítimo

Consentimento

Atendimento ao Cliente

São tratados os dados para a gestão de pedidos que nos são realizados através do call center (SAC) ou através dos formulários das plataformas digitais disponíveis.

Execução contratual

Diligências pré-contratuais

Realização de campanhas, ações de marketing e inquéritos

Tratamento de dados para realização de campanhas, ações de marketing, promoções ou ações de fidelização contratual, por exemplo. Podem também ser realizados inquéritos de satisfação com o objetivo de melhorar o serviço prestado.

Interesse Legítimo

Consentimento

Piquetes de emergência

Tratamento de dados para prestação de serviço de emergência aos nossos clientes de Gás.

Execução contratual

Gestão de reclamações

Tratamento de dados para dar resposta às reclamações que nos chegam.

Obrigação Legal

Execução contratual

Análise de clientes e fornecedores

Realização de análises para desenvolvimento de negócio ou para cumprimento de obrigações legais.

Interesse Legítimo

Obrigação Legal

Faturação

Emissão de faturas pelos produtos e serviços adquiridos.

Obrigação Legal

Execução Contratual

Eventos

Gestão de convites para eventos, viagens ou outras iniciativas semelhantes realizadas pela Repsol.

Consentimento

Interesse Legítimo

Análise e Acompanhamento de Risco de Crédito

Tratamento de dados para gestão de fornecedores e clientes cujas condições contratuais exijam atribuição de risco de crédito.

Execução Contratual

Obrigação Legal

Consentimento

Abastecimentos, Transportes, Operações e Logística

Tratamento de dados para gestão de contactos e pedidos laboratoriais para realização de testes de qualidade de produto, gestão de pedidos e transportes de produto, garantia do cumprimento de requisitos legais para o transporte de produto, gestão de ações de manutenção das instalações, realização de obras e empreitadas nas instalações da Repsol, entre outros.

Obrigação Legal

Execução Contratual

Interesse Legítimo

Gestão de Arquivo

Gestão de toda a documentação física que contém dados pessoais relativa às áreas do negócio, como por exemplo contratos, cartas, documentos impressos, procurações, registos, faturas, listagens, entre outros.

Obrigação Legal

Execução Contratual

Interesse Legítimo

Gestão de Sistemas de Informação

Realização de ações de manutenção, desenvolvimento, teste e que envolvem o acesso a dados pessoais sempre que requerido pelas áreas de negócio.

Interesse Legítimo

Obrigação Legal

Manutenção

Tratamento de dados para realização de ações de manutenção a equipamentos Repsol, sejam estas urgentes ou não urgentes.

Execução Contratual

Obrigação Legal

Gravação de Chamadas

Gravações de chamadas para efeitos de: (i) monitorização da qualidade do serviço; (ii) no âmbito de uma relação contratual, para efeitos de prova de transações comerciais e quaisquer outras comunicações respeitantes à relação contratual, incluindo leituras; (iii) prova da celebração ou alteração de um contrato de fornecimento de energia elétrica ou gás.

Consentimento

 

Dependendo da finalidade em concreto que se encontre a prosseguir, a Repsol poderá tratar as seguintes categorias de dados pessoais:

  • Dados de identificação (e.g., nome, data de nascimento, número de identificação fiscal, identificador de cliente, número de cliente / código de cliente / número de cartão);
  • Dados de contacto (e.g., morada, endereço postal, número de telefone / telemóvel, endereço eletrónico);
  • Dados de pagamento e dados bancários (e.g., números de cartão de crédito e/ou débito, datas de pagamento, valores em dívida ou pagamentos recebidos, bens, garantias e penhoras, número de conta bancária, IBAN, títulos e participações, dados sobre risco);
  • Informação que resulte do acesso e da utilização do serviço (e.g., a imagem que possa ser recolhida através do circuito de videovigilância, a gravação da sua voz no âmbito das chamadas realizadas para o SAC, a matrícula do seu veículo);
  • Informação relativa à utilização de programas de fidelização Repsol, (e.g., dados relativos às transações efetuadas);
  • Dados relativos a interações eletrónicas (e.g., endereço de IP e dados de geolocalização, cookies);
  • Dados relativos à sua atividade profissional (e.g., dados constantes do currículo profissional dos candidatos);
  • Dados relativos às comunicações que mantenha connosco (e.g., gravação de chamadas e registo de e-mails);
  • Dados criminais (e.g., certificado de registo criminal e ações judiciais);
  • Dados de categoria especial (e.g., dados de saúde); e
  • Outro tipo de dados (e.g., subscrição de produtos/serviços, formações realizadas, preferências individuais).

Caso se verifique o tratamento de dados de categoria especial, por favor saiba que estes estão sujeitos a condições específicas de tratamento, conforme o disposto no artigo 9.º do RGPD. 

 

6. Com que fundamento tratamos os seus dados?

No âmbito do exercício da sua atividade, a Repsol só trata os dados pessoais dos titulares dos dados quando existir um fundamento de licitude que legitime o tratamento, nomeadamente:

  • Consentimento: o consentimento é uma manifestação de vontade, livre, específica e informada, pela qual aceita, mediante declaração ou ato positivo inequívoco, que os dados pessoais lhe dizem respeito sejam objeto de tratamento. Por exemplo: o tratamento de dados para algumas finalidades de marketing ou ainda para gravação de chamadas;
  • Execução de contratos e diligências pré-contratuais: quando o tratamento de dados pessoais seja necessário para a celebração, execução e gestão do contrato no qual é parte enquanto cliente, fornecedor e/ou parceiro, ou para efetuar diligências pré-contratuais a seu pedido. Por exemplo: para a gestão de dados de clientes no âmbito de contratos de fornecimento de gás;
  • Cumprimento de uma obrigação legal: quando o tratamento de dados pessoais for necessário para o cumprimento de uma obrigação legal a que a Repsol esteja sujeita. Por exemplo: a comunicação de dados a entidades policiais, judiciais, fiscais ou reguladoras, cumprimento de obrigações fiscais;
  • Interesse legítimo: quando o tratamento de dados pessoais corresponda a um interesse legítimo da Repsol ou de terceiros, e quando os motivos para o seu tratamento devam prevalecer sobre os direitos e liberdades fundamentais dos titulares dos dados. Por exemplos: o tratamento de dados para melhoria da qualidade dos serviços, deteção de fraude, controlo de acessos físicos ou para gestão dos sistemas de informação;
  • Interesses vitais: quando o tratamento dos dados pessoais é necessário para assegurar a defesa dos interesses vitais, designadamente a vida dos titulares de dados ou de terceiros; e
  • Interesse público: quando o tratamento de dados pessoais for necessário para defender o interesse público, como proteção social e de saúde pública.

O Grupo Repsol compromete-se a assegurar que o tratamento dos seus dados é apenas efetuado nas condições acima numeradas e com respeito pelos princípios acima mencionados. 

Quando o tratamento dos seus dados for realizado pelo Grupo Repsol unicamente com base no seu consentimento, tem o direito de revogar o seu consentimento a qualquer momento. A revogação do consentimento, todavia, não compromete a legalidade do tratamento efetuado pelo Grupo Repsol com base no consentimento previamente dado.

 

7. Como protegemos os seus dados pessoais?

Comprometemo-nos a tratar os seus dados em conformidade com o estabelecido na legislação aplicável em matéria de proteção de dados e, em particular, a tratar os dados aos quais tenhamos acesso aplicando as medidas técnicas e organizativas apropriadas para garantir um nível de segurança adequado, garantindo sempre a confidencialidade, a integridade, a disponibilidade e a resiliência permanentes dos sistemas e serviços de tratamento. 

A Repsol implementou medidas técnicas e organizativas de forma a proteger os dados pessoais. São exemplos das medidas implementadas: 

a) Medidas de segurança física:

i. Segurança das instalações e dos arquivos, a fim de garantir que apenas pessoas devidamente autorizadas têm acesso aos mesmos;

ii. Câmaras de videovigilância, para garantir a segurança física de trabalhadores e documentos; 

iii. Proteção dos servidores. 

b) Medidas de segurança lógica:

i. O acesso aos sistemas informáticos está protegido por login e password; 

ii. Procedimentos de backup; 

iii. Compartimentação dos dados;

iv. Software de proteção.

 

8. A que destinatários serão comunicados os seus dados?

Dentro da Repsol, têm acesso aos seus dados os colaboradores que deles necessitem para cumprir as finalidades que motivaram a recolha e o tratamento dos dados pessoais. 

Os seus dados poderão ser, ainda, transmitidos a subcontratantes para que estes os tratem por conta da Repsol e mediante as suas instruções. Neste caso, a Repsol tomará as medidas contratuais necessárias para garantir que os subcontratantes respeitam e protegem os dados pessoais dos titulares dos dados, recorrendo apenas a subcontratantes que apresentem garantias suficientes de execução de medidas técnicas e organizativas adequadas para esse efeito e celebrando com eles os respetivos acordos de subcontratação do tratamento de dados pessoais, prevendo todos os requisitos exigidos no artigo 28.º do RGPD. 

Os dados podem, também, ser transmitidos a parceiros comerciais da Repsol, no caso de o titular ter consentido, ou a entidades terceiras, sempre que existir uma obrigação legal ou contratual que justifique a comunicação dos dados, como por exemplo Entidades Externas (Sindicatos, Prestadores de serviços médicos, Bancos, Prestadores de Serviços Jurídicos, Prestadores de Serviços de Manutenção, Empresas de Seguros, entre outros) ou Entidades Públicas (Autoridade Tributária e Aduaneira, Segurança Social, Tribunais, Órgãos de Polícia Criminal, Instituto dos Registos e Notariado, Autoridade das Condições de Trabalho, Câmaras Municipais, Ministério da Administração Interna, Universidades, entre outros).

Por regra, a Repsol não procede à transferência de dados para fora do Espaço Económico Europeu. Caso, porém, esta transferência seja necessária para assegurar o cumprimento integral das finalidades mencionadas na presente Política de Privacidade, a Repsol compromete-se a proceder a tal transferência em total respeito pela legislação aplicável em matéria de proteção de dados, em especial pelo disposto no capítulo V do RGPD.

 

9. Durante quanto tempo guardamos os seus dados pessoais?

A Repsol trata e conserva os seus dados pessoais apenas pelo período de tempo necessário para a concretização da finalidade definida, ou por um período de tempo superior para efeitos de cumprimento de obrigações legais, seguindo sempre os prazos fixados por lei, recomendados pela CNPD ou fixados internamente tendo em consideração as Políticas e Procedimentos internos da Repsol.

 

10. Quais são os seus direitos?

Em qualquer momento, poderá exercer os direitos relativamente aos seus dados pessoais previstos na legislação relativa à proteção de dados pessoais. Estes direitos são inerentes a cada pessoa e, por conseguinte, irrenunciáveis:

  • Direito de acesso - direito a obter a confirmação de que os dados pessoais que lhe digam respeito são ou não objeto de tratamento e, se for esse o caso, o direito de aceder aos seus dados pessoais e a determinadas informações (e.g., finalidades do tratamento dos dados, as categorias dos dados pessoais em questão, os destinatários ou categorias de destinatários a quem os dados pessoais foram ou serão divulgados, o prazo previsto de conservação dos dados pessoais);
  • Direito de retificação – direito de obter, sem demora injustificada, a retificação dos dados pessoais inexatos que lhe digam respeito ou solicitar que os dados pessoais incompletos sejam completados; 
  • Direito ao apagamento dos dados ou “direito a ser esquecido” – direito de obter o apagamento dos seus dados pessoais, sem demora injustificada desde que não se verifiquem fundamentos válidos para a sua conservação, como por exemplo os casos em que a Repsol tem de conservar os dados para cumprir uma obrigação legal ou porque se encontra em curso um processo judicial;
  • Direito à portabilidade – direito de receber os dados pessoais que lhe digam respeito e que tenha fornecido à Repsol, num formato estruturado, de uso corrente e de leitura automática e/ou o direito que esses dados sejam transmitidos a outro responsável pelo tratamento sem que a Repsol o possa impedir, mediante a verificação de determinadas circunstâncias; 
  • Direito de oposição – o direito de o titular dos dados se opor a qualquer momento, com base na sua situação particular, ao tratamento dos dados que lhe digam respeito, desde que não se verifiquem razões imperiosas e legítimas para esse tratamento que prevaleçam sobre os interesses, direitos e liberdades do titular dos dados, ou para efeitos de declaração, exercício ou defesa de um direito num processo judicial;
  • Direito de não ficar sujeito a decisões individuais automatizadas - direito de não ficar sujeito a nenhuma decisão tomada exclusivamente com base no tratamento automatizado, incluindo a definição de perfis, que produza efeitos na sua esfera jurídica ou que o afete significativamente de forma similar;
  • Direito à limitação – direito a solicitar a limitação do tratamento dos seus dados pessoais, sob a forma de: (i) suspensão do tratamento ou (ii) limitação do âmbito do tratamento a certas categorias de dados ou finalidades de tratamento, se se aplicarem algumas das situações previstas no artigo 18.º do RGPD;
  • Direito de revogar o consentimento – caso o tratamento dos seus dados pessoais esteja dependente da obtenção do seu consentimento, possui o direito de revogar o mesmo, sem que tal revogação invalide o tratamento dos dados enquanto o consentimento estiver em vigor. 

Para exercer os seus direitos relativamente a qualquer das empresas do Grupo Repsol existentes em Portugal, deverá enviar-nos uma comunicação por escrito, através das seguintes opções:

  • Por e-mail para privacidade@repsol.com;
  • Por carta, endereçado ao Encarregado de Proteção de Dados da Repsol para a seguinte morada: Av. José Malhoa, n.º 16-B – 1099-091 Lisboa.

A comunicação deverá conter os seguintes elementos: 

a) Nome completo, email e número de identificação fiscal; 

b) Petição em concreto (ou seja, direito a exercer) e no caso do exercício do direito à limitação, os motivos pelos quais entende que os seus dados se encontram a ser indevidamente tratados;

c) Endereço para fins de notificação. 

O exercício dos direitos é gratuito, exceto se se tratar de um pedido manifestamente infundado ou excessivo, caso em que poderá ser cobrada uma taxa razoável tendo em conta os custos, nos termos do artigo 12.º, número 5, alínea a) do RGPD. 

Por forma a verificar corretamente a identidade do titular dos dados, pode ser necessária informação adicional. 

Finalmente, informamos que, nos termos do RGPD, possui, ainda, o direito de apresentar reclamação junto da CNPD (www.cnpd.pt), caso considere que a Repsol não cumpriu os requisitos previstos do RGPD ou da legislação nacional aplicável em matéria de proteção de dados.

 

11. Qual é a Política da Repsol relativamente a dados pessoais de menores?

Na maioria dos casos, a Repsol apenas trata dados de maiores de idade. Não obstante, pode ocorrer algum caso pontual, principalmente no decorrer de qualquer ação promocional, em que sejam tratados dados de menores, situação em que será solicitado o consentimento dos respetivos representantes legais. 

Se é menor de idade e não compreende algum conteúdo da presente Política, peça ajuda aos seus representantes legais (pais ou tutores). Em qualquer momento, pode exercer os direitos dos menores dos quais é responsável, comprovando a sua legitimidade para tal.

 

12. O que acontece se nos disponibilizar dados de terceiros?

No caso de, no decorrer de uma relação contratual com a Repsol, nos disponibilizar dados de terceiros, recordamos-lhe que será o único responsável pela obtenção do prévio consentimento do terceiro para comunicar os dados à Repsol. Deverá, ainda, comunicar ao terceiro cujos dados são tratados a finalidade do tratamento em causa, assim como o conteúdo desta Política.

 

13. De que forma a Repsol trata os seus dados nas redes sociais?

Recomendamos-lhe que evite incluir informação pessoal sua ou de terceiros, quando estabelecer comunicações connosco através das redes sociais. Não obstante, se ainda assim decidir incluir informação pessoal, deve saber que os seus dados serão tratados pela Repsol de acordo com esta Política, e para a finalidade de nos relacionarmos e interagirmos consigo nas diferentes redes sociais, de modo a que nos conheça melhor e esteja informado sobre as nossas atividades e/ou valores. 

Salientamos que as redes sociais não são o canal adequado para que apresente reclamações ou sugestões. Porém, caso nos faça chegar através das redes sociais algum tipo de pedido, reclamação, sugestão ou queixa, informá-lo-emos que procederemos ao tratamento dos dados que nos fornecer para processar o seu pedido e responder ao mesmo nos termos definidos nesta Política. 

Informá-lo-emos, ainda, de que trataremos os seus dados por um período de 2 anos. É importante que tenha em conta que, ao interagir connosco através das redes sociais, as condições de utilização estabelecidas pelo titular da rede social ficam fora do nosso controlo, as quais não se encontram abrangidas pelo conteúdo desta Política. Recomendamos que se certifique de que conhece e está de acordo com as suas condições legais e normas de privacidade antes de continuar com a sua utilização ou de disponibilizar qualquer tipo de informação pessoal.

 

14. O que acontece com os meus dados pessoais quando reenvio/partilho algum conteúdo de um Serviço Online com outra pessoa?

Alguns dos nossos Serviços Online podem fornecer a opção de reenviar/partilhar alguns conteúdos com outra pessoa, embora deva saber que será você a realizar tal ação através dos seus próprios meios. A Repsol não comunica, nem utiliza qualquer informação ou dado de terceiros aos quais o Utilizador queira reenviar ou com os quais o Utilizador queira partilhar qualquer informação.

 

15. Como posso cancelar a minha conta Repsol nos Serviços Online?

Se por algum motivo pretender cancelar a sua conta deve informar-nos através do e-mail sacportal@repsol.com

Deve ter em conta que caso cancele a sua conta, deixará de ser Utilizador da Repsol e, por isso, deixará de poder aceder a todos os Serviços Online para os quais realizou o registo. 

Pode também cancelar qualquer Serviço Online seguindo as instruções que a Repsol fornece para cada caso e/ou instruções especificadas nos termos e condições aplicáveis. Se cancelar um dos nossos Serviços Online, deixará de ter acesso a esse serviço conforme as condições particulares do mesmo, mantendo a conta ativa para outros serviços para os quais se tenha registado.

 

16. A Repsol pode alterar os termos da presente Política?

A Repsol reserva-se o direito de, a qualquer altura, proceder a reajustamentos ou alterações à presente Política de Privacidade, sendo essas alterações devidamente comunicadas através da atualização da data inscrita no final da Política. Para estar a par das regras aplicáveis ao tratamento dos seus dados pessoais deverá consultar a versão publicada online antes de nos disponibilizar os seus dados. A utilização dos serviços após estas alterações implica a aceitação da Política de privacidade e futuras atualizações.

 

17. Quais são as responsabilidades do Utilizador?

O Utilizador é responsável pela exatidão, veracidade e atualização dos dados que nos disponibilizar, bem como pelo consentimento que der para que estes sejam utilizados e/ou tratados. 

É, ainda, responsável pelos dados de terceiros que nos disponibilize e relativamente aos quais é obrigado a obter o respetivo consentimento.

Por último, relembramos de que é responsável por consultar periodicamente esta Política e as atualizações que possam ser efetuadas à mesma.

 

18. A Repsol utiliza cookies?

Quando visitar o nosso site, pequenos ficheiros de texto – cookies – são instalados e conservados nas pastas dos navegadores (browsers) contendo informação relativa a dados e características de navegação ou às preferências do Utilizador. Estes ficheiros de texto permitirão uma experiência de navegação personalizada e eficiente. 

Estes Cookies apenas serão instalados mediante o seu consentimento expresso, exceto nos casos em que se tratem de cookies estritamente necessários ao funcionamento do website. 

Para conhecer toda a informação sobre os cookies que utilizamos no site, nomeadamente, as suas finalidades, categorias, duração e a quem pertencem, poderá consultar a nossa Política de Cookies.

 

19. Quais as ferramentas de terceiros utilizadas pela Repsol?

Facebook e Instagram: 

No website existe interatividade com o Facebook e Instagram, através de uma ligação aos servidores destas redes sociais, isto permitirá identificar o website que o Utilizador está a visitar e possivelmente armazenar outros dados, tais como o endereço IP. Se o Utilizador tiver a sua sessão de Facebook e/ou Instagram iniciada, serão associados os dados às suas contas. Para que tal não aconteça, o Utilizador deverá terminar as suas sessões no Facebook e Instagram antes de visitar a página.

A informação relativa ao tratamento de dados efetuado por estas redes sociais está disponível em: https://www.facebook.com/about/privacy/ https://help.instagram.com/519522125107875

Twitter:

O website disponibiliza uma interatividade com o Twitter, através do respetivo botão, estabelecendo-se uma ligação aos servidores do Twitter, os quais identificarão o website que o Utilizador está a visitar e possivelmente armazenar outros dados, tais como o endereço de IP. 

Mais informações sobre como o Twitter processa dados estão disponíveis em: https://twitter.com/privacy

LinkedIn: 

O website disponibiliza uma interatividade com o LinkedIn, através do respetivo botão, estabelecendo-se uma ligação aos servidores do LinkedIn, os quais identificarão o website que o Utilizador está a visitar e possivelmente armazenar outros dados, tais como o endereço de IP. A informação relativa ao tratamento de dados efetuados pelo LinkedIn está disponível em: https://www.linkedin.com/legal/privacy-policy?_l=pt_BR

Youtube:

No presente website existe interatividade com o Youtube, através de uma ligação aos servidores deste website, isto permitirá identificar o website que o Utilizador está a visitar e possivelmente armazenar outros dados, tais como o endereço IP. 

Se o Utilizador tiver a sua sessão de Youtube iniciada, serão associados os dados às suas contas. 

Para que tal não aconteça, o Utilizador deverá terminar a sua sessão no Youtube antes de visitar a página. A informação relativa ao tratamento de dados efetuado pelo Youtube está disponível em: https://www.youtube.com/intl/pt-BR/yt/about/policies/#community-guidelines

Flickr: 

O website disponibiliza uma interatividade com o Flickr, através do respetivo botão, estabelecendo-se uma ligação aos servidores do Flickr, os quais identificarão o website que o Utilizador está a visitar e possivelmente armazenar outros dados, tais como o endereço de IP. A informação relativa ao tratamento de dados efetuados pelo Flickr está disponível em: https://www.flickr.com/help/privacy.

 

15. O que acontece com os meus dados pessoais quando reenvio/partilho algum conteúdo de um serviço online com outra pessoa?

Alguns dos nossos serviços online podem dar-lhe a opção de reenviar/partilhar alguns conteúdos com outra pessoa, embora deva saber que será você a realizar tal ação através dos seus próprios meios. A Repsol não envia, nem utiliza qualquer informação ou dado a terceiros recetores aos quais o Utilizador queira reenviar ou com os quais o Utilizador queira partilhar qualquer informação.

 

16. Podemos alterar os termos da Política?

A Repsol reserva-se o direito de, a qualquer altura, proceder a reajustamentos ou alterações à presente Política de Privacidade, sendo essas alterações devidamente publicitadas. Para estar a par das regras aplicáveis ao tratamento dos seus dados pessoais deverá consultar a versão publicada online antes de nos disponibilizar os seus dados. A utilização dos serviços após estas alterações implica a aceitação da política de privacidade e futuras atualizações.

 

17. Quais são as suas responsabilidades?

É responsável pela exatidão, veracidade e atualização dos dados que nos disponibilizar, bem como pelo consentimento que der para que estes sejam utilizados e/ou tratados.

É, ainda, responsável pelos dados de terceiros que nos disponibilizar e relativamente aos quais é obrigado a obter o respetivo consentimento.

Por último, relembramos de que é responsável por consultar periodicamente esta Política e as atualizações que possam ser efetuadas à mesma.