210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
energia elétrica

Energia elétrica – o que é, como se gera e vantagens

O que é a energia elétrica?

A energia elétrica é um tipo de energia que consiste no movimento de eletrões entre dois pontos quando existe uma diferença potencial entre eles, o que torna possível gerar a chamada corrente elétrica.

Utilizemos um exemplo prático para compreender melhor a definição. O que acontece quando ligamos o interruptor de luz? O circuito elétrico fecha-se, ligando o primeiro ponto ao segundo. Os eletrões começam a mover-se através do fio metálico de cobre (o elemento condutor) e temos imediatamente luz. Por outras palavras, a circulação de eletrões através do fio condutor é transformada em luz elétrica. Num caso mais abrangente, as subestações elétricas permitem a circulação dos eletrões e são responsáveis pela distribuição de energia elétrica.

A energia elétrica é indispensável no nosso dia a dia. As suas vantagens permitem melhorar a quotidiana das pessoas e aumentar o seu bem-estar.

Vantagens da energia elétrica

  1. Acessível e fácil de produzir. A eletricidade pode ser gerada a partir de uma grande variedade de fontes de energia, tanto renováveis, como não renováveis.
  2. Fácil de transportar. A energia elétrica pode ser transportada em longas distâncias e em grande escala, através de redes de transmissão e distribuição.
  3. Versátil e fácil de transformar. Do mesmo modo, a energia elétrica pode ser transformada em outros tipos de energia, tais como luz (acender uma lâmpada), calor (acender um radiador elétrico) ou movimento (utilizar um motor).

Como se produz a eletricidade?

Qual é a origem da eletricidade que usamos na nossa vida quotidiana? Embora seja verdade que a energia elétrica está presente na natureza, por exemplo sob a forma de relâmpagos e trovoadas, a realidade é que este tipo de energia é difícil de armazenar. É por isso que precisamos de centrais elétricas que estejam constantemente a produzir a eletricidade que consumimos.

Consoante o tipo de fontes de energia utilizadas para produzir eletricidade, podemos classificar a produção de eletricidade em dois grupos principais:

energia renovável.png

Produção de eletricidade renovável

As energias renováveis são aquelas que provêm de uma fonte natural como a força do vento, da água ou do calor do sol. São, portanto, fontes inesgotáveis de energia e são mais amigas do ambiente. Alguns exemplos de fontes renováveis são:

Energia eólica: os parques eólicos, por meio de turbinas eólicas, utilizam correntes de ar para transformar a energia cinética do vento em eletricidade. É uma fonte inesgotável, mas algo instável, uma vez que está sujeita às condições atmosféricas. 

Energia solar fotovoltaica: é obtida quando a luz solar atinge os painéis solares, produzindo eletrões que, quando se movem, criam um fluxo de eletricidade. Os painéis solares atuais são inteligentes e podem mudar a sua própria orientação e inclinação, seguindo sempre o caminho do sol para uma maior eficiência. Embora mais estável do que a energia eólica, está também sujeita a condições ambientais. 

Hidroeletricidade: a utilização da energia hídrica é uma prática antiga e sustentável, razão pela qual continua a ser uma das fontes renováveis mais procuradas. Contudo, requer mais infraestruturas do que os casos anteriores, uma vez que envolve a construção de barragens ou diques. Através de um sistema de turbinas hidráulicas, a força da água em movimento é aproveitada para produzir eletricidade.

energia não renovável.png

Produção de eletricidade não renovável

Em contraste, as fontes de energia não renováveis são aquelas que utilizam recursos naturais limitados para gerar eletricidade. Além disso, geralmente não são tão acessíveis como se encontram apenas em certas partes do mundo. Dependendo de como são extraídos, podem ser classificados em dois grupos diferentes:

Energia de combustíveis fósseis: Este tipo de energia é gerado a partir da queima de combustíveis fósseis, tais como petróleo, carvão ou gás natural. Embora a tendência seja para nos tornarmos cada vez menos dependentes deles a fim de progredirmos na descarbonização, a realidade é que ainda desempenham um papel importante no cabaz energético, especialmente no caso do gás natural, dada a sua menor emissão de carbono.  

Energia de combustíveis nucleares: O urânio é o combustível nuclear mais comum e pode ser encontrado na natureza em três isótopos diferentes. O processo de fissão nuclear é o processo mais amplamente utilizado e mais conhecido para produzir energia nuclear. Devido às reações desencadeadas neste processo, uma enorme quantidade de energia pode ser libertada. No entanto, tem a desvantagem de produzir resíduos nucleares radioativos após o processo.

Perguntas frequentes

A Repsol, no mercado doméstico, apenas comercializa eletricidade 100% renovável, com Garantia de Origem