210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
aquecimento-central

Aquecimento central ou ar-condicionado, qual o melhor?

Numa altura em que todas as formas para poupar energia são importantes, muitos  questionam que tipo de instalação é a mais eficiente para os hábitos e necessidades energéticas do nosso dia a dia. Que tipo de instalação é mais eficiente e económica, ar-condicionado ou aquecimento central? Neste artigo, explicamos as vantagens de cada uma destas instalações, para que tenha toda a informação necessária para tomar uma boa decisão.

Ar-condicionado

Antes de mais, é importante mencionar que existem três tipos de ar-condicionado, o portátil, o split e o multi-split. Cada um deles tem as suas próprias caraterísticas, dimensões e vantagens, pelo que no caso de optar pela instalação de um ar-condicionado deverá ter em consideração:

  • Espaço existente na divisão.
  • Possibilidade de estar junto a uma janela ou espaço exterior.
  • Custo de aquisição vs consumo de energia. Por exemplo, os ares-condicionados portáteis têm um maior consumo de energia do que os convencionais, apesar de a compra ser mais económica.
  • A dimensão das divisões a climatizar, e se pretende controlar termicamente várias divisões, isto porque apenas com o ar-condicionado multi-split o conseguirá fazer.
O funcionamento dos ares-condicionados é similar ao de um frigorífico. Os ares-condicionados são constituídos por condensadores, evaporadores e serpentinas em rede, que permitem a passagem de uma espécie de fluído que cria o efeito frigorigéneo, permitindo a troca de temperatura para produzir a climatização dos espaços.
 
Vantagens do ar-condicionado

Independentemente da tipologia de ar-condicionado, podemos definir algumas vantagens que são transversais a todos eles:
  • Possibilidade de aquecer e arrefecer, num único equipamento.
  • Mais económicos, na aquisição, em relação ao aquecimento central.
  • Apropriados para imóveis de pequena e média dimensão.
Desvantagens ar-condicionado
 
  • Manutenção. Não apenas o custo, mas também as implicações de manutenção devem ser consideradas, uma vez que deverá limpar os filtros de forma regular  e substituir os mesmo sempre que necessário.
  • Nem todos os equipamentos têm um bom desempenho energético, por isso, se optar pela instalação de um ar-condicionado, tenha em consideração os mais eficientes em termos energéticos.

Aquecimento central

Por vezes, existe alguma confusão sobre o aquecimento central, o que é? Que tipo de energia é utilizada? Como fazer a instalação?

De uma forma resumida, o aquecimento central consiste num sistema que permite aumentar a temperatura e diminuir a humidade contida num espaço interior, criando, desta forma, as condições ideais para fazer face às temperaturas mais baixas.

O aquecimento central tem como função fornecer calor a todo o espaço interior, através de um ponto único, como, por exemplo, uma caldeira, um esquentador ou um termoacumulador. Posteriormente, o calor é distribuído pelos diferentes espaços do imóvel, com recurso a tubagem própria, circulação de água por canos ou por vapor canalizado.

Tipos de aquecimento central

Com e evolução tecnológica, começam a existir novos sistemas de aquecimento, porém, os mais populares são as caldeiras, as salamandras a pellets, os painéis solares para aquecimento de água e as lareiras com recuperador de calor.

Vantagens aquecimento central

Olhemos para as vantagens do aquecimento central:

  • Independentemente da tipologia, o aquecimento é mais homogéneo. Uma vez que funciona num sistema de aquecimento de água, com um determinado circuito, liberta o calor ao longo do percurso.
  • Em relação a outros sistemas, permite uma maior poupança energética, uma vez que consegue fazer uma melhor gestão do calor.
Desvantagens aquecimento central
 
  • Ao contrário do ar-condicionado, não arrefece, apenas aquece o ambiente.
  • O custo da instalação é, por norma, maior e requere uma análise prévia do imóvel. Preferencialmente, deverá ser idealizado no momento da construção.
  • Requer mais espaço do que outro tipo de instalações.
aquecimento central

O que deverá considerar, independentemente da sua escolha

Como pode comprovar, ambos os sistemas têm vantagens e desvantagens, pelo que deverá considerar as caraterísticas de cada um e ver o que melhor se adequa à sua tipologia de imóvel e às necessidades energéticas. Não obstante, independentemente da sua escolha, deverá ter com consideração:

  • A etiqueta da eficiência energética, numa uma escala de A+ a F, em que o A+ é o mais eficiente e o F o menos eficiente. Com esta informação, poderá prever o consumo de energia do equipamento e, desta forma, fazer uma gestão mais eficiente da energia.
  • Caraterísticas do imóvel. As caraterísticas do imóvel não importam apenas na escolha entre instalar um ar-condicionado ou aquecimento central, também são importantes na escolha da tipologia de cada um dos sistemas que pretende. Por exemplo, se optar por um ar-condicionado portátil, deverá garantir que tem as condições para o colocar junto a uma janela ou espaço com ligação ao exterior.
  • Utilização inteligente. Poderá ter um sistema bastante eficiente, porém, se não tiver em consideração outros aspetos, não conseguirá tirar o máximo partido da sua instalação, por isso:
    • Tenha em atenção o termóstato. Este equipamento poderá ajudá-lo a manter a sua casa à temperatura ideal, em função da estação do ano, e poupar na fatura de energia.
    • Isolamento. O isolamento assume-se como um dos fatores mais importantes, na medida em que um bom isolamento poderá reduzir entre 20 e 30% a sua fatura de energia.
    • Controle a potência. Antes de adquirir o equipamento, informe-se junto de um especialista sobre a potência que necessita para cobrir as suas necessidades energéticas.
    • Não menospreze os consumos. Com frequência, deverá analisar os consumos do equipamento e verificar de que forma poderá otimizar a energia.
eyg
eyg
eyg

Eletricidade e Gás Repsol

Com os nossos Planos, apenas paga pelo que consome. Poderá escolher o tipo de tarifa, simples ou bi-horária, sendo que irá pagar o mesmo pelo KWh, mesmo que os preços da eletricidade subam.

A sua eletricidade sempre ao mesmo preço

Durante 12 meses, o custo por kWh será sempre o mesmo

Eleja o que melhor se adapta a si

Em função dos seus hábitos de consumo, poderá escolher uma tarifa simples ou bi-horária

Contrate um serviço de assistência técnica

Com os nossos serviços Apoio, não terá de se preocupar com imprevistos na sua casa