210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
potência contratada

Potência contratada

Escolher bem a potência contratada para a sua habitação poderá ajudá-lo a poupar na fatura de eletricidade, todos os meses. Para fazer uma boa seleção, explicamos-lhe alguns conceitos que o ajudarão na tomada de decisão.

O que é a potência contratada?

A potência contratada diz respeito à potência elétrica que tem na sua habitação. A unidade de medida é o kVA (Kilovolt Ampere) e, de uma forma muito sucinta, permite determinar o consumo energético que se  pode ter em simultâneo. Dando um exemplo, permite perceber quantos eletrodomésticos poderá ter ligado ao mesmo tempo, sem que o quadro elétrico se desligue. A escolha correta da potência contratada garante que paga o valor que realmente precisa para a sua casa.

Como consultar a potência contratada?

Caso já tenha um contrato de eletricidade e não sabe qual a potência que contratou, basta verificar na sua fatura. No caso da fatura da Repsol, aparece logo no início na segunda página.

potência contratada

Como escolher a potência correta para minhas necessidades?

Na escolha da potência contratada mais indicada para o seu consumo deverá ter em conta quatro grandes fatores:

  • Tamanho da casa. Quantos m2 tem a habitação e o número de divisões.
  • Número de habitantes.
  • Potência dos seus aparelhos elétricos. Cada equipamento elétrico tem especificada a potência.
  • Número de horas de utilização diária. Poderá, de facto, ter um aparelho com uma grande potência elétrica, mas, na realidade, não o utilizar com frequência.

No momento de contratar a sua potência, poderá escolher entre 13 opções, sendo que as mais comuns para clientes residenciais variam entre os 3,45 kVA ou 6,9 kVA. 

Potência Tamanho imóvel Destinatário
1,15 kVa - 2,30 kVa Pequeno (menos de 50 m2) Poucos eletrodomésticos
3,45 kVa a 4,6 kVa Médio (mais de 50 m2) Uso médio de eletricidade e pequenos eletrodomésticos
5,75 kVa a 6,9 kVa Médio Uso regular de eletrodomésticos
10,35 kVa – 13,80 kVa Grande Vários eletrodomésticos em simultâneo
17,25 kVa a 20,7 kVa Grande Vários eletrodomésticos em simultâneo, utilização de ar-condicionado e piscina

 

Tabela de potências recomendadas


É possível alterar a potência contratada?

Sim, é possível. Poderá aumentar a potência contratada – por exemplo nos casos em que a luz está constantemente a ir abaixo - ou vice-versa, diminuir a potência que tem atualmente contratada, de uma forma gratuita. Porém, deverá saber que quanto maior for a potência contratada, maior será o valor da fatura.

Para alterar a sua potência contratada, deverá contactar o seu fornecedor de energia e ter na sua posse:

Disjuntor trifásico e monofásico

Falando em potência contratada, não menos importante é conhecer o tipo de instalação elétrica que tem na sua habitação, na medida em que são as necessidades energéticas que ditam qual a melhor instalação para cada consumidor. Existem dois tipos de instalação elétrica: instalação monofásica e instalação trifásica.
 
Instalação monofásica
As instalações monofásicas são aquelas que têm uma única fase e corrente alternada (a ligação de cada aparelho elétrico é feita através de um único circuito), e a sua tensão varia de 220 a 230 volts, pelo que a potência é limitada a cerca de 14 KW. 
 
Instalação trifásica
As instalações trifásicas são aquelas com três fases e três correntes alternadas e a sua tensão é de 380 volts. 
 
A escolha de um tipo de instalação depende, principalmente, da potência consumida pelos aparelhos elétricos instalados. As instalações monofásicas são as mais comuns nas casas (são mais económicas) enquanto as instalações trifásicas são mais comuns em lojas, edifícios industriais e fábricas. No entanto, alguns edifícios podem ter instalações trifásicas.
 
Da mesma forma que a potência contratada, também poderá alterar o seu tipo de instalação.
 
Como saber se a instalação que tem é monofásica ou trifásica

Se não souber se a sua instalação é monofásica ou trifásica, deverá dirigir-se ao quadro elétrica da sua casa, identificar o Interruptor de Controlo de Potência (ICP) e verificar se este tem um, dois ou três interruptores. Caso tenha um ou dois, é uma instalação monofásica, se tiver três é uma instalação trifásica.
eyg
eyg
eyg

Eletricidade e Gás Repsol

Com os nossos Planos, apenas paga pelo que consome. Poderá escolher o tipo de tarifa, simples ou bi-horária, sendo que irá pagar o mesmo pelo KWh, mesmo que os preços da eletricidade subam.

A sua eletricidade sempre ao mesmo preço

Durante 12 meses, o custo por kWh será sempre o mesmo

Eleja o que melhor se adapta a si

Em função dos seus hábitos de consumo, poderá escolher uma tarifa simples ou bi-horária

Contrate um serviço de assistência técnica

Com os nossos serviços Apoio, não terá de se preocupar com imprevistos na sua casa