210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
família gás natural

Qual o consumo médio das famílias com o gás natural

O consumo de gás natural em Portugal tem vindo a diminuir nos últimos anos, por diversos motivos, tais como, uma maior penetração da eletricidade nos lares portugueses, aumento de temperaturas e maior eficiência dos equipamentos a gás. Em 2017, Portugal alcançou o seu máximo histórico, com 0.613 metros cúbicos por dia. Desde então, tem vindo a diminuir e, no final de 2021, consumiu 0,567 metros cúbicos por dia.

Quanto gasta uma família portuguesa com gás natural?

Em Portugal, a eletricidade é a energia mais representativa nos lares portugueses, com 46,4% do total do consumo, seguida da biomassa, com 18,4% e do gás natural, com 12,4%. 12,2% dos portugueses utilizam gás engarrafado e 4,4% gás canalizado. Os dados são do Inquérito ao Consumo de Energia no Setor Doméstico 2020, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística. Ou seja, não refletem o impacto da guerra na Ucrânia, nem uma possível retração no consumo do gás natural.

De referir que em Portugal, o gás natural é também uma das principais fontes de energia para a produção de eletricidade. 

Vejamos exemplos de diferentes tipologias de famílias

Nota: estes exemplos são com base numa simulação realizada em outubro de 2022 com base nas cinco tarifas mais económicas, sem considerar o mercado regulado.

  1. Casal sem filhos: no mercado liberalizado, um casal sem filhos pagará entre 265 e 450 euros anualmente.
  2. Casal com filhos: uma família com um ou mais filhos, sem aquecimento central, pagará entre 300 e 800 euros por ano.
  3. Casal com filhos e aquecimento central: uma família com filhos e aquecimento central terá uma fatura anual entre 590 e 1.600 euros.
família gás

O que é que os Governos de Portugal e Espanha fizeram para reduzir o preço do gás natural?

Para fazer face au aumento do preço do gás natural nos mercados grossistas, Portugal e Espanha criaram uma medida transitória, prevista no Decreto-Lei n.º 33/2022, de 14 de maio, onde mediante a fixação de um preço de referência para o gás natural consumido na produção de energia elétrica transacionada no MIBEL, com vista à redução dos respetivos preços.

Esta medida entrou em vigor no dia 15 de julho e vigorará – salvo alterações – durará até 31 de maio de 2023. Porém, caso os Governos de Portugal e Espana concordem, poderão por fim à medida antes desta data.

Durante os seis primeiros meses desta medida, o preço pelo MWh permanecerá nos 40 euros. Findo este período, aumentará 5 euros por mês até chegar aos 70 euros – o teto máximo que ficou estabelecido.

O Governo português possibilitou, também, aos consumidores portugueses regressarem ao mercado regulado de gás natural. Para tal, deverão cumprir os seguintes requisitos:

  • Consumidores com um consumo anual inferior ou igual a 10.000 metros cúbicos (o que inclui famílias e pequenos negócios).
  • Consumidores com a designada tarifa social. Consulte as condições para ser considerado um consumidor economicamente vulnerável.
  • Consumidores cuja comercializadora deixou de ter condições económicas e legais para manter o fornecimento de gás natura.

Que comercializadores existem no mercado regulado do gás?

Neste mercado, o gás natural é fornecido pelos chamados comercializadores de último recurso (CUR), sendo os preços definidos pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Os preços são fixados a 1 de outubro e vigoram até 30 de setembro, não obstante, podem ser revistos trimestralmente para acompanhar a evolução do custo de aquisição.

Atualmente, existem 12 CUR, que operam tanto a nível regional como continental, sendo que poderá consultar a listagem elaborada pela ERSE.

A Repsol não tem um plano com gás natural apenas. No entanto, oferece um plano com eletricidade 100% renovável e gás natural, o Plano Viva, onde poderá poupar até 5% no termo de Energia e ter acesso a descontos noutras energias.