210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
classes energéticas

Classes energéticas: tipos e significados

As classes energéticas dizem respeito ao consumo energético de um determinado equipamento, enquanto desempenha as suas funções. Não apenas os eletrodomésticos têm classes energéticas, as casas também as têm, visíveis no certificado energético.

Atualmente, a escala energética divide-se em 7 classes, de A a G, em que A é a classe que tem representa a melhor performance energética e G a que representa a pior.

O que é a etiquete energética?

A etiqueta energética é uma ferramenta de apoio ao consumidor, de maneira que este possa selecionar os equipamentos mais eficientes em termos energéticos e, assim, diminuir o consumo de energia.

Com a etiqueta energética, é possível classificar determinado equipamento de acordo com a sua eficiência, consumo e rendimento, sendo que as classes se distinguem através de uma ordem alfabética. Esta distinção é válida para toda a União Europeia, o que confere uma maior segurança ao consumidor na hora de adquirir determinados equipamentos.

Em Portugal, compete à ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica) a fiscalização das etiquetas energéticas.

As classes energéticas que precisa de conhecer

Com a introdução da nova classe energética em 2021, passaram a coabitar no mercado diferentes classes energéticas, uma vez que os equipamentos produzidos antes desta data continuam com a classificação anterior, razão pela qual iremos explicar cada uma das classes.

Até 2021, poderíamos ver a classe dos eletrodomésticos da seguinte forma:

  • A+++, A++, A+, A, B, C. D.

Nestes casos, o A+++ representa a melhor classificação e o D a pior, por isso, se encontrar produtos com esta classificação, procure sempre aqueles que são mais eficientes.

Depois de março de 2021, com a revisão da classe energética, os produtos têm as seguintes etiquetas:

  • A, B, C, D, E, F, G.

Com esta nova classe energética, o que antes se equivalia a A+++ é agora um A, apenas. No entanto, a classificação tem o mesmo significado, quer dizer que o produto é eficiente em termos energéticos.

classes energéticas

Qual a letra da classe energética que consome mais e menos energia?

A letra A (A+++ na anterior classe energética) é a que representa uma melhor classificação, o que quer dizer que os equipamentos que contêm esta etiqueta são mais eficientes e, por conseguinte, consomem menos energia.

No sentido inverso, a letra G (D na anterior classe energética) é a que confere uma pior classificação, o que quer dizer que o equipamento é muito pouco eficiente, pelo que irá consumir mais energia.

Quais são os produtos com etiqueta energética?

Têm etiquetas energética aqueles produtos que, de alguma forma, têm um impacto no consumo de energia. Eletrodomésticos como, por exemplo, frigorífico, máquinas de lavar, frigorífico, televisão, entre outros deste género, contêm, obrigatoriamente, uma etiqueta com a sua classe energética.

Não obstante, existem outros produtos que também deverão ter esta etiqueta energética, como é o caso de:

Manutenção equipamentos e eficiência energética

No momento da aquisição de um dos produtos que elencamos, a presença de etiqueta energética é obrigatória, isto dá alguma segurança ao consumidor, sem dúvida. Não obstante, com o passar dos anos, existe um desgaste natural dos produtos, que poderá fazer com que percam a eficiência energética, daí ser necessária a manutenção dos equipamentos.

Os Clientes de Eletricidade e Gás Repsol, podem contratar um serviço Apoio e, assim, para além de obterem um maior desconto, garantir que os seus eletrodomésticos estão protegidos e a desempenhar as suas funções na plenitude.