Contacte-nos
Contacte-nos para novas contratações
o
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
Resultados 1º semestre 2021

Repsol obteve um resultado líquido de 1.235 milhões de euros no primeiro semestre

  • A Repsol alcançou um resultado líquido de 1.235 milhões de euros nos primeiros seis meses de 2021, período durante o qual avançou nos seus objetivos de descarbonização, tal como estabelece o seu Plano Estratégico, apoiado numa gestão orientada para a eficiência.
  • O resultado líquido ajustado, que mede o desempenho dos negócios, alcançou os 959 milhões de euros, com números positivos em todos os segmentos, entre os quais se destacou a Exploração e Produção.
  • O modelo integrado da Repsol e o arranque do Plano Estratégico 2021-2025 permitiram enfrentar com sucesso o difícil contexto e aproveitar o início da recuperação da procura e a melhoria dos preços das matérias-primas face ao cenário difícil de 2020. Com tudo isso, a empresa obteve um fluxo de caixa positivo em todos os segmentos e conseguiu reduzir a sua dívida líquida em 6%.
  • Em linha com os seus objetivos de descarbonização, entre janeiro e junho, a Repsol colocou em marcha importantes iniciativas de transformação industrial e continuou a consolidar a sua carteira de ativos de geração renovável. Neste último âmbito, avançou na sua expansão internacional com o acordo com a Hecate Energy nos Estados Unidos e iniciou a operação em dois parques fotovoltaicos em Espanha.
  • Depois da sua aprovação pela Assembleia Geral de Acionistas de 26 de março, a empresa pagou a 7 de julho um dividendo de 0,30 euros brutos por ação em dinheiro, respetivo aos lucros do exercício de 2020, que se soma à retribuição paga aos acionistas em janeiro. A Assembleia também aprovou a distribuição, relativa ao tradicional pagamento relativo ao exercício de 2021, de 0,30 euros brutos por ação.
  • Josu Jon Imaz, Presidente Executivo da Repsol: “As medidas que implementámos têm permitido conseguir o máximo valor possível neste contexto complicado, aproveitando de imediato os indícios de recuperação que observamos, com sinais que nos aproximam de níveis prévios à pandemia. Ao mesmo tempo, estamos a responder às necessidades da sociedade e a dar passos firmes para alcançar as zero emissões líquidas em 2050”.