Saltar al contenido
Impressão 3D

Repsol expande gama de materiais avançados para impressão 3D

  • Repsol lança dois novos produtos para o fabrico de aditivos concebidos para aplicações com elevado desempenho mecânico.
  • Estes dois novos materiais avançados, baseados em graus especiais do polipropileno Repsol, são reforçados com cargas minerais e fibra de vidro, respetivamente, para melhorar as suas propriedades mecânicas.
PDF 590 KB Descargar documento

Repsol expande gama de materiais avançados para impressão 3D

Repsol expandiu a sua gama de produtos de impressão 3D com dois novos materiais avançados de polipropileno (PP), concebidos para aplicações técnicas que exigem um elevado desempenho mecânico. Estes materiais, reforçados com cargas minerais e fibra de vidro, destinam-se à impressão de peças de pequeno e grande formato.

  • Repsol Isplen P3D820FM é um polipropileno reforçado com uma elevada percentagem de carga mineral e fluidez média, que oferece uma forte rigidez e uma estabilidade dimensional muito elevada, controlo de deformação mantendo um bom nível de impacto, e um ótimo aspeto superficial. Contém estabilização ultravioleta e uma excelente resistência a riscos, o que o torna ideal para o uso exterior em aplicações, tais como prototipagem, ferramentas, brinquedos, calçado, componentes automóveis, joalharia e lazer. 
  • Repsol Isplen P3D630FV é um polipropileno reforçado com fibra de vidro, particularmente indicado para aplicações que requerem uma excelente resistência ao impacto, alta rigidez, e pouca reação à deformação e contração. Este produto é estabilizado contra raios ultravioleta, sendo por isso indicado para aplicações no exterior, tais como peças técnicas, protótipos funcionais ou guias, acessórios para o setor automóvel, entre outros.

Em 2020, a Repsol lançou a sua gama para impressão 3D com três qualidades de polipropileno, concebidas, à medida, para o fabrico de aditivos. Os materiais foram desenvolvidos através da modificação das características de alguns polímeros, permitindo oferecer avanços nos processos de impressão em polipropileno, alcançando ao mesmo tempo excelentes propriedades mecânicas, processabilidade e estabilidade.

Com a adição destes dois novos materiais à gama, a Repsol está empenhada na tecnificação e especialização dos seus produtos, que permitem responder aos mais elevados requisitos nas indústrias automóvel, aeroespacial, de brinquedos, de lazer e saúde, entre outros. Todos eles podem ser utilizados no fabrico de filamentos para a tecnologia de FFF (fused filament fabrication), também conhecida como FDM (fused deposition modeling), ou para serem diretamente utilizados no formato de aglomerados para equi-pamentos que utilizam a tecnologia de FGF (fused granulated fabrication).

Os materiais de impressão em 3D da Repsol são ideais tanto para o fabrico de protótipos como de peças funcionais. Desta forma, a multienergética promove tecnologias de impressão em 3D que avançam no conceito de circularidade, uma vez que permitem otimizar o consumo de material desde a fase de conceção, e, ainda, minimizar o desperdício de materiais no processo de impressão. Além disso, tal como as restantes poliolefinas da Repsol, estes produtos são 100% recicláveis. 

O polipropileno é um material ideal para a impressão 3D pelo seu alto desempenho mecânico e baixa densidade, permitindo uma maior redução de peso nas peças finais em comparação com outros materiais. Adicionalmente, a excecional resistência química do polipropileno torna este material ideal para peças em contacto com uma grande variedade de produtos químicos e solventes.

Para mais informações:

REPSOL | 21 311 9000 

António Martins Victor | amvictor@repsol.com