Saltar al contenido

Medidas COVID-19 nos Complexos Industriais

A Repsol ativou no início de março, em todos os seus Centros Industriais, um plano global para assegurar o funcionamento normal das operações, minimizando paralelamente os riscos de contágio e propagação de doenças infecciosas.
PDF 63 KB Descargar documento

A 18 de março de 2020 o Presidente da República decretou o estado de emergência em Portugal, através do Decreto do Presidente da República n.º 14-A/2020, para travar a expansão do coronavírus COVID-19, na sequência do qual o Governo tem vindo a tomar várias medidas estabelecendo limitações significativas à mobilidade das pessoas e restrições à abertura de espaços comerciais, ao mesmo tempo que garante a energia eléctrica, e produtos derivados do petróleo e gás natural. 

Considerando estas medidas, devemos recordar que os produtos e serviços que a nossa Empresa oferece são considerados críticos e essenciais pelas autoridades competentes e, portanto, devemos garantir a continuidade da actividade de modo a cobrir as necessidades energéticas dos cidadãos e das empresas. 

No contexto actual estamos ainda mais firmemente comprometidos com a adopção das medidas necessárias para reduzir o risco de contágio entre trabalhadores e colaboradores e, ao mesmo tempo, fornecer aos nossos clientes e à sociedade em geral os bens necessários para continuar a sua actividade nestas circunstâncias extraordinárias.

Estabeleceram-se em todas as instalações da Empresa as medidas necessárias para poder assegurar a segurança das pessoas. As medidas de segurança e de prevenção intensificaram-se e estão em permanente actualização. Estabeleceram-se uma série de medidas preventivas específicas para assegurar a segurança das pessoas e da operação a fim de manter a actividade. 

Os colaboradores cujas posições e funções se podem desempenhar de modo remoto e a sua presença física no centro não é imprescindível para manter a continuidade das operações, já trabalham desde os seus domicílios de forma extraordinária, garantindo sempre a segurança dos processos produtivos. 

Mantém-se as reuniões periódicas com os prestadores de serviços, transportadoras e fornecedores para estabelecer as medidas oportunas e para preparar os planos de contingência de maneira conjunta. 

Seguindo as recomendações da Direcção Geral da Saúde, estamos a reforçar as medidas de higiene em espaços de trabalho comuns com materiais específicos, reduzimos e evitamos as concentrações de pessoas, tanto na execução dos trabalhos como nos momentos de descanso. Além das reuniões que se realizam por via telemática, reforçou-se o controlo de acessos com restrições. 

Para a Repsol, o mais importante é a segurança e a protecção da saúde das pessoas: os seus próprios trabalhadores, assim como os profissionais de empresas externas e as suas famílias. Habilitaram-se diferentes canais de comunicação através dos quais os nossos trabalhadores estão permanentemente informados sobre a evolução da situação e do que devemos fazer em cada caso.

Para mais informação:

REPSOL | 21 311 9000 

António Martins Victor | amvictor@repsol.com