210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
Perguntas e respostas.png

Como o podemos ajudar?

Perguntas frequentes

Queremos resolver todas as suas dúvidas. Estas são as perguntas mais frequentemente colocadas pelos nossos clientes.

Impactes Ambientais associados à produção de Energia

Na generalidade, as práticas humanas associadas à utilização de energia e à sua produção, transporte, distribuição e consumo apresentam impactes ambientais.

Tendo em vista um futuro sustentável e a minimização dos impactes ambientais negativos, a REPSOL procura através da aquisição de Garantias de Origem com vista a comercialização de energia proveniente de fontes renováveis, reduzir os potencias impactes ambientais adversos, salientando que a utilização de energia provenientes de fontes renováveis, não estão totalmente isentas de impactes ambientais negativos.  

De forma a dar a conhecer aos consumidores informações sobre os impactes no ambiente de acordo com a fonte de energia primária utilizada, categorizamos as fontes de energia por:

  • Fontes de Energia Não Renováveis;
  • Fontes de Energia Renováveis;

As fontes de energia não renováveis, são aquelas como o nome indicia, que a matéria-prima de origem tem caracter limitado e não renovável, isto é, não se renova por si.

De acordo com a Diretiva nº16/2018 da ERSE, são fontes de energia não renováveis, o carvão, gás natural e outros derivados do petróleo (Diesel, Cogeração Fóssil, e Fuelóleo).

A produção de eletricidade através destas fontes geram impactes ambientais significativos, tais como, elevada libertação de gases poluentes como o Dióxido de Carbono e de Enxofre (CO2 e SO2), assim como, Óxidos de Azoto (NOx) e partículas que intensificam o efeito de estufa, potenciando o aquecimento global, degradação dos solos, subida do nível do mar, entre outros impactes negativos.

Existem ainda duas fontes de energia não renováveis como a energia proveniente da incineração de resíduos sólidos urbanos (RSU), que associados ao processo de incineração, geram para além de emissões de CO2, apresentam uma baixa eficiência na produção de eletricidade, sendo ainda causadoras de ruido pelo processo da recolha e transporte dos resíduos e uma elevada ocupação dos solos.

A produção da energia elétrica por fonte Nuclear, tem associados impactes negativos relacionados com a poluição térmica e radioativa das águas de refrigeração, e a subsequente perda ou impacto negativos na biodiversidade provocadas pelas emissões radioativas. A geração de resíduos radioativos é também um fator negativo associado a esta fonte de energia. Em Portugal não existe produção de produção de eletricidade por fonte nuclear, todavia dada a interligação proveniente de Espanha, no qual é imputável o mix de produção base do sistema elétrico espanhol que pode incluir a produção elétrica de origem nuclear.

As fontes de energia renováveis, são aquelas como o nome indicia, que a matéria-prima de origem tem caracter ilimitado e renovável. Estas fontes também geram consequências ambientais negativas, tais como, a alteração dos fluxos hidrológicos e à afetação do ecossistema, ruido, impacto ambiental e ocupação de solos. Todavia existe um benefício face à utilização de recursos fósseis, e não renováveis.

As fontes de energia renováveis, são as seguintes, a Hídrica, Eólica, Cogeração Renovável e Geotermia. São ainda consideradas como outras fontes de energias renováveis, a Solar, Biomassa, Biogás e as Ondas e mare-motriz.

Poderá ainda consultar mais informação sobre os impactes ambientais em https://www.portal-energia.com/impactos-ambientais-energias-renovaveis/