210 540 000 (custo chamada local)
Contacte-nos
Nós ligamos!
O número de telefone é obrigatório Deve inserir um número de telefone correto
Consinto com o tratamento dos meus dados para ser informado por telefone e/ou e-mail da oferta de serviços Eletricidade e Gás da Repsol de acordo com a Política de Privacidade da Repsol
Para continuar, deve aceitar a política de proteção de dados
o
Contacte-nos
210 540 000 custo chamada local
painéis solares

Painéis solares – tudo o que precisa de saber sobre os diferentes tipos

A energia proveniente do sol é uma das fontes de energia renováveis mais eficientes, económicas e amigas do ambiente. Desempenha um papel fundamental na transição energética, uma vez que é impulsionadora de economias mais limpas que protegem o ambiente, melhoram o bem-estar das pessoas e garantem a sustentabilidade do planeta.

Em Portugal, temos uma média de 2.800 horas de sol durante o ano, o que quer dizer que esta energia poderá ser potenciada para produzir eletricidade, tanto no segmento particular, como no segmento profissional, e diminuir, desta forma, os custos associados à produção de eletricidade.

Neste artigo, explicamos os diferentes tipos e caraterísticas de painéis solares, bem como as suas vantagens.

O que são os painéis solares?

Os painéis solares são equipamentos tecnológicos utilizados para converter a energia proveniente do sol em diversas modalidades de energia, como a energia elétrica ou a energia térmica.

Quantos tipos de painéis solares existem?

Os painéis solares, normalmente localizados em centrais solares, mas também noutros locais, como, por exemplo, em comunidades solares, permitem-nos tirar partido de um recurso inesgotável e gratuito como a luz solar, para o transformar em energia, através de um processo totalmente limpo, sem geração dióxido de carbono.

Dentro destas soluções energéticas, podemos distinguir três grupos principais de painéis solares: painéis fotovoltaicos, painéis solares térmicos e painéis solares híbridos.

  • Painéis fotovoltaicos. Estes painéis são constituídos por células solares fotovoltaicas que ionizam quando a radiação solar as atinge, libertando eletrões cuja interação gera energia elétrica.
  • Painéis solares térmicos. Estes painéis fotovoltaicos convertem a radiação solar em eletricidade, os painéis ou coletores térmicos convertem-na em energia térmica ou em calor.
  • Painéis solares híbridos. A tecnologia destes painéis solares, ainda em desenvolvimento, torna possível combinar as vantagens das células fotovoltaicas e dos coletores térmicos num único sistema.

Dentro destes três grandes grupos de painéis solares, podemos, ainda, fazer uma outra divisão e elencar as vantagens e desvantagens de cada uma destas soluções.

paineis solares.png

Caraterísticas e vantagens painéis fotovoltaicos

Painéis solares monocristalinos: uma vez que são feitos de silício de alta pureza, oferecem as mais altas taxas de eficiência atualmente disponíveis no mercado, entre 15% e 20%. Como principais vantagens, destacamos a alta potência, a durabilidade e tamanho. É uma solução ideal para casas.

Painéis solares policristalinos: estes painéis solares, muito fáceis de identificar devido à sua cor azul, são feitos de silício em bruto. O seu preço é inferior aos anteriores, não obstante, a sua eficiência também inferior em cerca de 15%, embora tenha uma potência semelhante. Ocupam mais espaço do que os painéis solares monocristalinos e são mais sensíveis à exposição a temperaturas elevadas, pelo que não são uma opção muito recomendável para climas muito quentes.

Painéis solares amorfos ou de película fina: estes tipos de painéis solares utilizam materiais como silício amorfo, telureto de cádmio ou gálio com propriedades fotovoltaicas. Desta forma, pode ser produzido um painel flexível e leve.  A sua eficiência é inferior à dos painéis fotovoltaicos convencionais, entre 7 e 10%, a sua vida útil é mais curta e requerem muito mais espaço. No entanto, o seu custo é mais económico, pelo que são normalmente utilizados em grandes instalações, tais como indústrias ou instalações públicas.

paineis termicos.png

Caraterísticas e vantagens painéis solares térmicos

Estes painéis solares têm um sistema que capta a luz solar e um depósito, ou acumulador, onde é armazenado um fluido para transferir o calor para sistemas de aquecimento doméstico.

Alguns tipos de painéis solares térmicos, tais como os painéis solares térmicos de concentração, transformam este calor em vapor para acionar as turbinas de um gerador.

Coletores de baixa temperatura: estes coletores solares térmicos atingem temperaturas de até 50ºC. São normalmente utilizados para fornecer energia a sistemas de aquecimento e água quente doméstica em casas ou empresas.

Coletores de média temperatura: este tipo de coletores funciona de forma semelhante aos anteriores, embora incorporem uma cobertura transparente que minimiza as perdas de calor. Graças a este sistema, são capazes de atingir temperaturas de até 90ºC.

Coletores de alta temperatura: o desenho destes painéis solares incorpora duas tampas sobre o conversor, gerando um vácuo entre eles que lhes permite funcionar a temperaturas até 150ºC. Este tipo de solução é utilizado na produção de eletricidade em centrais térmicas.

paineis solares.png

Caraterísticas e vantagens painéis solares híbridos

Os painéis solares híbridos são capazes de converter a luz solar em eletricidade e calor, aumentando a eficiência das células fotovoltaicas em até 15%.

Além disso, estes sistemas também podem ser combinados com outras energias renováveis, tais como a eólica, para obter uma maior contribuição energética.

Utilizam uma tecnologia recente, ainda em fase de desenvolvimento, mas que já começa a ganhar destaque dentro da energia solar.