Saltar al contenido

Repsol e IBIL desenvolvem a primeira estação de carregamento de veículos elétricos com armazenamento de energia

  • Este desenvolvimento tecnológico e industrial simplifica e facilita a instalação de pontos de carregamento de 50 kW em locais que não possuem energia elétrica suficiente, ou onde o custo do investimento na rede inviabiliza outras alternativas.
  • O posto de carregamento de veículos elétricos da estação de serviço Repsol, localizado na N-I, ao passar pela cidade de Tolosa, é o primeiro a utilizar o armazenamento de energia de baterias de segunda vida.
PDF 320 KB Descargar documento

Repsol e IBIL desenvolvem a primeira estação de carregamento de veículos elétricos com armazenamento de energia

A Repsol e a IBIL desenvolveram a primeira estação de carregamento para veículos elétricos que incorpora armazenamento de energia em Espanha numa estação de serviço Repsol localizada na N-I, que passa pela cidade de Tolosa.

Para este desenvolvimento, a Repsol e a IBIL apoiaram-se na capacidade tecnológica e industrial da cadeia de valor nacional, para a qual contaram com a colaboração da Irizar, Ingeteam, Cidetec e Gu-reak, empresa que emprega pessoas com deficiência em Gipuzkoa e que tem realizado a montagem industrial completa do módulo de armazenamento projetado pela IBIL. 

Este projeto, que é uma referência na indústria, contou também com o apoio do Governo Basco e do Conselho Provincial de Gipuzkoa, através dos programas de apoio à I&D Hazitek e SmartMobility Indus-try, respetivamente.

O projeto tecnológico e industrial levado a cabo pela IBIL (empresa detida pela Repsol e pelo Ente Vasco de la Energía, a agência energética do Governo Basco) com mais de dez anos de experiência no desenvolvimento de tecnologias e soluções de carregamento, apresenta os seguintes benefícios:

  • Permite a instalação de pontos de carregamento rápido (50 kW) em locais onde não seja viável de outra forma, seja por falta de energia elétrica ou onde, apesar de viável, as dificuldades técnicas derivadas da ligação à rede elétrica representem um aumento excessivo em investimento.
  • A energia da rede necessária para fornecer o serviço é reduzida em 70%. Assim, pode colocar-se em funcionamento um ponto de carregamento rápido de 50 kW, utilizando uma ligação à rede de apenas 15 kW.
  • Facilita a sua localização em quase todos os locais, devido ao espaço mínimo necessário para o módulo de armazenamento (menos de um metro quadrado).
  • Reduz significativamente os custos operacionais de infraestrutura, em até 50% devido a princi-palmente à menor potência contratada.
  • Proporciona uma segunda vida às baterias dos autocarros elétricos, promovendo a economia circular e sustentabilidade.
As duas empresas respondem, assim, a um dos principais desafios que a eletrificação da mobilidade enfrenta que é o tratamento e a reutilização de baterias após o fim da vida útil no veículo e para aplicações armazenamento estacionário.

Desta forma, as dificuldades técnicas resultantes da instalação em locais onde é ideal instalar pontos de carregamento elétrico do ponto de vista da mobilidade, como estações de serviço, são resolvidos com uma solução inovadora que dá autonomia e eficiência ao sistema de carregamento, ao mesmo tempo que facilita a integração da geração distribuída local e do autoconsumo. 

Esta nova instalação de carregamento em Tolosa junta-se à rede de carregamento elétrico da Repsol, uma das mais relevantes na Península Ibérica onde a empresa tem mais de 1.200 postos de carregamento elétrico e conta com os dois primeiros pontos de carregamento ultrarrápido em funcionamento instalados durante 2019, que permitem recarregar a bateria num tempo entre cinco e dez minutos. 

Este projeto está totalmente alinhado com a estratégia de Armazenamento de Energia do Ministério da Transição Ecológica e do Desafio Demográfico (MITECO), que foi aprovado pelo Conselho de Ministros espanhol e que apoiará a implantação de energias renováveis para garantir segurança, qualidade, sus-tentabilidade e economia de abastecimento.

Carregamento inteligente

O utilizador que carregar o seu veículo elétrico não notará nenhuma diferença na utilização de postos de carregamento sem armazenamento, pois são instalações inteligentes que estão integradas na rede da Repsol.

O sistema é projetado para saber quando deve retirar energia da rede elétrica para carregar a bateria e quando deve obter energia da bateria para carregar o carro. Esta função é monitorizada em tempo real no centro de controlo da IBIL, que opera a rede de carregamentos da Repsol. Para além disso, o sistema está projetado para otimizar o fluxo de energia da rede e do sistema de armazenamento em todos os momentos.

Tecnologia que responde aos desafios da transição energética e do PNIEC

Um dos desafios da transição energética expresso no Plano Nacional Integrado de Energia e Clima (PNIEC) do Ministério da Transição Ecológica e do Desafio Demográfico (MITECO) é atingir 74% da geração primária renovável em 2030. Para isso, dado o caráter intermitente da geração renovável, o desenvolvimento desta tecnologia de armazenamento de energia desenvolvida e implementada pela IBIL e pela Repsol irá dotar o sistema elétrico de mecanismos de flexibilidade, agregação e equilíbrio através da gestão dos recursos essenciais distribuídos para dar estabilidade ao sistema elétrico.

Este desenvolvimento tecnológico responde aos desafios colocados pelo MITECO, ao aliar os objetivos de descarbonização da mobilidade, a economia circular e o apoio da indústria nacional na cadeia de valor das soluções energéticas e de mobilidade

Para mais informação:

REPSOL | 21 311 9000

António Martins Victor | amvictor@repsol.com